terça-feira, 28 de junho de 2016

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Destino e Tarô: Symbolon - Nascimento

Destino e Tarô: Symbolon - Nascimento: 22 - Nascimento Astrologicamente :  Carta associada ao signo de Câncer / Aquário e a Lua / Urano Significado:   Liberação emociona...


Tarô dos Orixás – Eremita / Omolu

Eremita / Omolu



Um dos vodus daomeanos da família da Terra, filho de Nanã e Oxalá, Omolu (Obaluaiê) é o orixá das epidemias e da morte. 
Absorvido pela religião Iorubá, sempre foi temido e respeitado, sendo um dos governantes dos mortos. 
Entretanto, também sabe curar, e por isso é considerado “o médico dos pobres”.

Omolu é o Eremita solitário, introvertido, prudente e sábio. 
Pode curar os males dos que o procuram, mas pode empurrar para o exílio voluntário da doença e da depressão quem ignorar o seu chamado ao exame interior.

Sua mensagem é que nada é indiferente; precisamos levar em conta tanto a força de nossos menores atos como o perigo dos menores obstáculos. 

Ele diz que as soluções estão no nosso interior. 
Se esbarrarmos num obstáculo, ele recomenda que paremos para reavaliar nossos atos até encontrar uma saída. 

Sugere também que cultivemos nossa luz interior para identificar nosso Eu e descobrir o ritmo pessoal de ação e reflexão.




Lucia


Extraído de:
Tarô dos Orixás –  Eneida Duarte Gaspar, Editora Pallas.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

quinta-feira, 23 de junho de 2016

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Leitura pela Mandala Astrológica com a Lua

A Mandala Astrológica também conhecida como Roda Zodiacal ou Astrológica, Tiragem Astrológica, Grande Jogo ... é um método fascinante.

Neste artigo mostra a interpretação de cada Arcano Maior em cada uma das doze Casas da Mandala Astrológica, de forma simplificada.

Sendo que, em uma leitura completa deste método, cada Casa aborda vários assuntos da vida do consulente e é possível obter mais informações usando também as casas derivadas, seus eixos, os quadrados, os triângulos e outros enfoques.


Pode-se fazer a leitura com um Arcano Maior por casa ou 1 Arcano Maior acompanhado de 1 ou 2 Arcanos Menores por casa que podem também ser interpretados segundo os decanatos.

A seguir 3 das várias maneiras (sugestões) de interpretação deste método, onde o tema das casas tem um significado peculiar para cada autor.



A Lua em cada Casa da Mandala Astrológica


Sugestão de interpretação 1:

Casa I - Representa o consulente, o seu físico, as possibilidades energéticas, o seu poder de vida e o que lhe foi legado pelos ascendentes. 
Lua na Casa 1 -  Uma mulher pode desempenhar papel importante na vida do consulente. Para mulher, é indicação de fecundidade e de triunfo. Aumento de clientela, possível papel social. Sendo a Lua neutra é preciso de cartas boas para previsões inteiramente satisfatórias.

Casa II - Os bens, a banca, o crédito concedido, os movimentos de fundos, o dinheiro. A vida financeira do consulente, o que pode esperar de novo nesse domínio.
Lua na Casa 2 -  Ganhos. Em caso de clientela ou profissão liberal, extensão dos lucros.

Casa III - A inteligência e o ambiente do consulente. O que vai acontecer no seu próprio círculo; as pequenas viagens, a vida cotidiana. Os escritos, os livros, as cartas, o carteiro, as mensagens. Os irmãos.
Lua na Casa 3 -  Popularidade no meio; pequenas viagens familiares por mar, distrações. As mulheres são favoráveis ao consulente.

Casa IV - O lar do consulente, a sua família. Seu pai (se é um homem que consulta). Sua mãe (se é uma mulher que interroga o destino). O patrimônio, todas as questões imobiliárias em curso ou novas. O dinheiro tirado dos escritos.
Lua na Casa 4 - Nascimento. Perspectivas favoráveis no plano financeiro em particular o  imobiliário.

Casa V - Os amores do consulente, eventualmente, os filhos, as suas criações, o ensino, o que ama, o teatro, o cinema, as férias.
Lua na Casa 5 -  Possibilidade de nascimento. Fecundidade e popularidade.

Casa VI - O trabalho, a saúde, a servidão, as pequenas doenças, tudo o que se reveste de um sentido de obrigação, mas também de dedicação. Os servidores, auxiliares, o pessoal doméstico.
Lua na Casa 6 - Alteração no trabalho. A liberdade, no entanto, continua restringida. Saúde satisfatória. Espirito inventivo e fecundo.

Casa VII - O cônjuge, a vida conjugal, as relações matrimoniais, eventualmente, o divórcio, as associações, os contratos. 
Lua na Casa 7 -  Casamento para uma mulher. No caso de um homem, trata-se de extensão das relações sociais.

Casa VIII - A morte (num sentido de transformação e de metamorfose); é também o crescimento, os capitais, a magia, a iniciação e a sexualidade. O dote.
Lua na Casa 8 -  Muito pouco favorável para os pais, para a família. Risco de perigo para a saúde e inquietação a este respeito. Realizações de bens imobiliários.

Casa IX - A filosofia, a evolução espiritual, os sonhos, a religião, o estrangeiro, as grandes viagens, o ensino (particularmente com a Casa V, mas aqui num sentido mais esotérico), as altas faculdades do espírito, as ciências ocultas. A justiça, os processos, seu resultado.
Lua na Casa 9 -  Favorece as grandes viagens. Aumenta a popularidade. No domínio intelectual, intuição e sorte.

Casa X - Os pontos mais altos da carreira, a maturidade, o destino, as honras, os fatos determinantes, os atos.
Lua na Casa 10 -  Fecundidade. Possível triunfo público. Influência determinante de uma mulher no destino.

Casa XI - Os amigos, a publicidade, a política, os desejos ou aspirações, os projetos, a vida social, as relações.
Lua na Casa 11 -  Vida social e no círculo de amigos animada. Novas amizades femininas. Projetos podem ser nebulosos e o apoio de outros poderá favorece-los.

Casa XII - O inconsciente, o que está oculto, os amores secretos. As doenças graves, os hospitais, as casas de repouso, as prisões, o crime.
Lua na Casa 12 -  As provações afetarão o domínio do lar. Tendência para dificuldades conjugais. Período de impopularidade, que exigirá muita prudência e habilidade.


Sugestão de interpretação 2:


Casa 1 (Áries) - Refere-se ao caráter do consulente, a seu temperamento, à sua personalidade e à sua aparência física.
Lua na Casa 1 - Alguém angustiado, decepcionado, sensível, intuitivo, confuso, inseguro, com medo de ficar só, insatisfeito. Instabilidade. Magia. Alquimia. Misticismo.

Casa 2 (Touro) - Refere-se a fontes de renda, do dinheiro, dos bens e das finanças, bem como de bens adquiridos, do comércio e da morte do cônjuge (se houver).
Lua na Casa 2 -  Dificuldades financeiras, as quais, com cuidado, podem melhorar. Não assine documentos "no escuro". Momento bom para lidar com o público.

Casa 3 (Gêmeos) - Refere-se a parentes (irmãos, primos, etc.), a viagens curtas, a livros e cartas, a mudanças de residência, à vizinhança e aos meios de comunicação.
Lua na Casa 3 - Problemas com irmãos e outros parentes. A pessoa deve falar menos da sua vida pessoal.

Casa 4  (Câncer) - Refere-se ao lar, aos pais e ao patrimônio da família (sobretudo aos imóveis).
Lua na Casa 4 - Angústia com gastos excessivos. Possibilidade de mudança de residência.

Casa 5 (Leão) - Refere-se a afeição instintiva, de namoros, da vida social, do lazer, dos pequenos amores, de negócios arriscados, de relações internacionais, escolas e especulações.
Lua na Casa 5 - Gravidez favorável. Saudade. Sonhos intensos. Vícios. Se estiver com alguém, o parceiro pode ser casado.

Casa 6 (Virgem) - Refere-se ao trabalho, as obrigações, a saúde, o bem estar-físico, aos animais domésticos.
Lua na Casa 6 - Mudanças, crises de angústia. Possibilidade de dispensa ou troca de setor. Ações executadas as escondidas. Atenção a depressão, ao sistema linfático. 

Casa 7 (Libra) - Refere-se aos relacionamentos íntimos, ao cônjuge (se houver) e às associações comerciais, aos inimigos declarados e a processos.
Lua na Casa 7 - Insatisfação. A pessoa pode trair as escondidas. Sentimentos confusos. Ciúmes. Decepção. Desilusão. Saudade. Falsas aparências.

Casa 8 (Escorpião) - Refere-se a sexualidade, a morte, as mudanças, os grandes negócios, as heranças, os testamentos e os legados.
Lua na Casa 8 - Sensualidade. Atenção aos contágios. Magia. Feitiços. Problemas de saúde. Atenção aos genitais (principalmente os femininos).

Casa 9 (Sagitário) - Refere-se a viagens longas, o estrangeiro, línguas, justiça, processos, estudo superior, evolução espiritual, filosofia, espiritualidade e/ou religião.
Lua na Casa 9 - Contradições internas. Dúvidas. Caminhos obscuros. Atenção com quem fala, sobretudo sob a ótica da espiritualidade.

Casa 10 (Capricórnio) - Refere-se ao destino, às honrarias, às aspirações e ao prestígio social, bem como à mãe ou à sogra do consulente.
Lua na Casa 10 - Insegurança. Difamação. Discórdia. 

Casa 11 (Aquário) - Refere-se à vida social, dos amigos, da política, da diplomacia, dos benfeitores, de projetos, de esperança e de paz.
Lua na Casa 11 - Amigos falsos. Solidão. Discussão.

Casa 12 (Peixes) - Refere-se a isolamentos, obstáculos, doenças graves, prisão, provações, amores secretos. Ao inconsciente, inimigos ocultos, às aflições, a processos criminais, à miséria. Conhecida como "inferno do zodíaco". 
Lua na Casa 12 - Medos. Insegurança. Sonhos. Saudades. Dificuldades conjugais. Problemas espirituais.

Carta 13 (colocada no centro da Mandala) 
Síntese - Conclusão da leitura. 
Lua na Casa Central - Simboliza o tempo que passa. Para períodos difíceis, pede calma e atenção.

Sugestão de interpretação 3:

Casa 1 - Consulente/Momento Presente
Lua na Casa 1 - Muita  intuição, imaginação magnetismo e força para trabalhar magias. Observadora e misteriosa. Vive no momento preocupações e sente solidão.

Casa 2 - Dinheiro
Lua na Casa 2 - Preocupações com relação a dinheiro sem saber como será o desdobramento da situação.  

Casa 3 - Comunicação
Lua na Casa 3 - Preocupação com o meio onde interage, introspectiva, não consegue confiar em ninguém. Pode sinalizar também preocupação com irmãos.

Casa 4 – Lar/Família
Lua na Casa 4 - Preocupação no lar não vendo claramente o desdobramento da situação. Pode sinalizar ainda fragilidade de mãe.

Casa 5 – Talento/Criatividade
Lua na Casa 5 - Força da psique, muita intuição, imaginação e força para trabalhar magias. Preocupações em relação a filhos se houver.

Casa 6 – Trabalho
Lua na Casa 6 - Preocupações com trabalho. Dorme e acorda pensando na situação. Não consegue visualizar nenhuma solução. Policiar e evitar pessimismo e instabilidade. 

Casa 7 – Casamento/Sociedades
Lua na Casa 7 - Sentindo solidão. Mesmo que tenha alguém no momento e a mesma coisa que não ter, a relação não compartilha, não supre.

Casa 8 - Transformações
Lua na Casa 8 - Preocupação latente com as transformações de vida que precisam e devem ser feitas.

Casa 9 – Espiritualidade
Lua na Casa 9 - A única posição que a Carta da Lua é positiva. Muita intuição, imaginação e força para trabalhar magias. A Lua simboliza a nossa psique.

Casa 10 - Carreira
Lua na Casa 10 - Preocupações com carreira. Indefinição. Manter um foco e prazo para atingir metas.

Casa 11 – Projetos futuros/Sonhos/Aspirações.
Lua na Casa 11 - Falta de perspectiva e preocupações em relação a projetos de vida.

Casa 12 – Inconsciente
Lua na Casa 12 - Faculdades psíquicas latentes, sensibilidade, intuição, imaginação e força para trabalhar magias.

Em sites de astrologia encontram-se as informações necessárias para se aprofundar neste método e fazer leituras completas.

Algumas abordagens pelas Casas Zodiacais:

  • Casa I – IDENTIDADE BÁSICA: Eu, personalidade, saúde geral, é o ascendente, indica as características externas de comportamento, temperamento, habilidades naturais. - Áries governa a cabeça, os hemisférios cerebrais, maxilar superior, os olhos, o rosto.
    • Casa II – VALORES PESSOAIS: Dinheiro, bens, segurança pessoal ligada às finanças, como você lida com o dinheiro, orientando as realizações econômicas, capacidade de ganhos, carinho do casal. - Touro governa a boca e a garganta, o pescoço, orelhas, paladar, laringe, glândula tireoide, maxilar inferior, veia jugular e faringe ...
    • Casa III – INTERAÇÃO E INTERCÂMBIOS: Comunicações, papo, flertes, amigos, cartas, telefonemas, pequenas viagens, irmãos, irmãs, primos, vizinhos, determina como você se relaciona com as pessoas mais chegadas, a forma que se conduz nos primeiros estudos e primeiros conhecimentos. - Gêmeos governa os membros, clavícula, omoplata, braços, mãos, dedos e pulmões, glândula timo, costelas superiores, traqueia, brônquios, sangue.
    • Casa IV – RAÍZES E VIDA PRIVADA: Lar, mãe, estrutura familiar, seu meio e suas coisas. Raízes raciais e culturais. Abrange as características emocionais mais profundas e diz respeito à atitude em relação à família, ao lar, à pátria e às raízes, conforto pessoal, propriedades, reputação. Câncer governa o estômago, funções digestivas, diafragma, mamas...
    • Casa V – EXALTAÇÃO E CRIATIVIDADE: Prazeres e diversões, talento, filhos e relacionamento com estes, jogos de azar, passeios, esportes, artes, namorados, casos amorosos, gravidez, memória, inteligência. Comportamento sexual. Leão governa coração, sistema circulatório, região dorsal da coluna...
    • Casa VI – ORGANIZAÇÃO E DIA A DIA: Rotina, trabalho, estudo, tios, empregados, animais, saúde, suas obrigações e dedicações.  Virgem governa os intestinos, região abdominal, tem forte influência no sistema nervoso, baço...
    • Casa VII – RELACIONAMENTOS E PARCERIAS: Tu, o outro, marido, noivo, namorado, parceiro, amante fixo, casamento, associações, sociedades, divórcios, inimigos declarados.  - Libra governa rins, bexiga, equilíbrio fisiológico, região lombar, coluna, pele, sistema vasomotor...
    • Casa VIII – RECICLAGEM E INVESTIMENTOS: Sexo, oculto, astral, magia, morte física, doenças, ganhos possíveis de heranças ou testamento, grandes transformação, magia, metamorfose. - Escorpião governa os órgãos genitais, aparelho excretor, uretra, cólon, ânus, bexiga, próstata, osso pubiano,ossos nasais...
    • Casa IX – FILOSOFIA E METAS DE VIDA: Espiritualidade, religião, o sentimento religioso, aspirações filosóficas, ideias, encontros importantes, assuntos legais, parentes não sanguíneos (cunhados e sogros), viagem longa – ao exterior, convicções religiosas, aprendizado através do auto-conhecimento. É a casa dos conhecimentos profundos, dos estudos filosóficos, éticos e metafísicos. - Sagitário governa as coxas, os músculos de uma maneira geral, o que rodeia os quadris, sacro e espinha, vértebra, fêmur, nervos ciático...
    • Casa X – STATUS E PROFISSÃO: Social, como se é visto socialmente, patrimônio, pai, carreiras, realização pessoal e profissional, seu lugar na sociedade, regimes, sucesso, fama. Determina a maneira como reagimos diante de uma autoridade ou qualquer pessoa que esteja em uma posição superior à nossa. O comportamento em relação ao pai, ao chefe, ao governante. - Capricórnio governa joelho, pele e ossos, juntas, articulações, cabelos...
    • Casa XI – AMIGOS E TRIBOS: Projetos futuros, amigos no geral, sonhos e desejos íntimos, esperanças, aspirações, metas e objetivos de vida, consciência política, atuação revolucionária. Associações, clubes, organizações de caridade e sindicatos. Aquário governa as pernas - dos joelhos para baixo – e os tornozelos...
    • Casa XII – SISTEMA DE FÉ: Área de sacrifício, hospitais, inimigos e situações ocultas, prisões reais e psíquicas, o inconsciente, os amores ocultos. As nossas avaliações mais profundas, é o lado adulto e nebuloso de nós mesmos, auto-anulação, tristezas, impedimentos à satisfação sexual. - Peixes governa os pés, dedos...


    Lucia



    Cartas e Destino - Hadés
    Transforme sua vida com o tarô – Ademir Barbosa Junior
    Taro Egípcio - Guia Prático na Mandala Astrológica.
    girafamania.com.br
    Imagem Google

    terça-feira, 14 de junho de 2016

    sexta-feira, 10 de junho de 2016

    Tarô Místico – O Ermitão

    O Ermitão

    Este é o nono Arcano Maior, que possui uma vibração que traz restrições, obstáculos e solidão. 
    Mas traz também o conhecimento, a experiência, o encontro daquilo que é uma busca importante.

    O Ermitão é um homem de mais idade, pobre e despojado, que caminha apoiado num bastão. 
    Há uma ideia de lentidão em todos os conceitos dessa carta. 
    Ele traz, prudentemente, uma lanterna para iluminar seu caminho, a qual é o único foco de luz na carta.

    A carta representa o momento em que o Ermitão encontra, preso num carvalho, alguém que já foi sábio, mas deixou sua sabedoria sem uso. 
    Também pode ser o Ermitão, o sábio, que encontra o Mago, o aprendiz que errou em suas escolhas iniciais e está impedido de seguir em frente.

    Esta carta encerra um ciclo, pois fecha uma série de nove cartas-semente entre os Arcanos Maiores. 
    As treze cartas seguintes são emanações das nove primeiras. 
    Reveja quais foram as nove primeiras cartas: 

    • O jovem/Mago, o homem/Imperador e o velho/Ermitão. 
    • A virgem/Justiça, a mãe/Papisa e a amante/Imperatriz. 
    • A alma/Papa, a dúvida/Namorados e a decisão/Carro.

    Numa interpretação objetiva e prática, o Ermitão significa demora, atraso, pobreza, limitações, solidão.

    Numa interpretação subjetiva, o Ermitão é uma indicação de saber acumulado, talvez sem uso, e também a necessidade de usar a prudência para enxergar melhor as situações. 

    Na caminhada espiritual, este Arcano representa o fechamento de um ciclo de aprendizados. A alma já realizou as etapas básicas da sua evolução, agora pode avaliar a sabedoria que acumulou e, sem pressa, partir para novas buscas.

    • As Sete Palavras-Chave: lentidão, pobreza, limitações, sabedoria, solidão, reflexão, investigação. 
    • No Amor: não existe, pode significar que não casará ou que o amor vem quase na velhice, longa espera para encontrar alguém, calma e prudência para escolher bem. 
    • Na Saúde: é vida longa, tendência para processos crônicos, tratamento com médico especialista, investigar melhor os sintomas. 
    • No Dinheiro: poucos recursos financeiros, atraso para receber, ganha se fizer um planejamento a longo prazo ou se fizer algo especializado. 
    • Aspecto Negativo: penúria, solidão, falta de apoio, ficar solteirão, não ter amigos.




    Lucia


    Extraído de:
    Tarô Místico – Celina Fioravanti, Editora Pensamento.

    Fonte primordial:
    hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

    Imagem:
    comprazen.com.br

    sexta-feira, 3 de junho de 2016

    Tarô de Marselha — O Eremita (Prudência)

    O Eremita (Prudência)
    O Arcano da Consciência, do Iniciado.



    Descrição da simbologia — A alegoria do nono arcano apresenta um velho que anda apoiado num bastão, trazendo na mão direita uma lanterna acesa, parcialmente escondida sob seu manto. 
    A lâmpada significa a luz da inteligência que se estende em todas as direções e sentidos. 
    Seu manto, exteriormente de cor escura — ocultação, austeridade — e forrado de cor clara, simboliza a discrição. 
    O bastão representa a prudência. 
    O velho é a personificação da experiência adquirida no trabalho da vida. 
    Está relacionado ao Velho Sábio, mestre que, às vezes, aparece em sonhos ou visões.

    Representação abstrata — A busca do conhecimento feita em silêncio, com prudência e circunspecção. 
    Transmissão soberana da verdade. Ordem, sistema de investigação, estudo, intuição, aptidão para fazer descobertas, meditação, razão, trabalho mental, sabedoria; circunspecção, proteção, prudência, trabalho paciente e profundo, ajuda; silêncio, discrição, conselho prudente, reserva, experiência de vida; análise de desejos, esperanças; celibato, estabilidade, cumprimento de promessas; a voz do eu interior, a chama do conhecimento que existe em cada um. 

    No sentido negativo: caráter taciturno (Que fala pouco; silencioso, calado. 2. Triste, tristonho.) , desconfiado; tristeza, misantropia (1. Aversão à sociedade, aos homens; antropofobia. [Antônimo: filantropia (1).] 2. Melancolia, hipocondria.), pobreza, avareza; ceticismo, medo das novidades, receios infundados.

    Interpretação divinatória — Tem o sentido de trazer luz a algo que estava escondido — um segredo revelado. 

    Pouco adaptada no plano físico, é uma carta neutra. Favorece o consulente no domínio filosófico ou do ensino. 

    No plano mental, inclina ao estudo, à investigação, à pesquisa. 

    No plano anímico, traz luz e esclarecimento a uma verdade: contentamento. 

    No plano físico, pode trazer atrasos e solidão que, em geral, não serão bem aceitos. No entanto, esses obstáculos têm um profundo sentido benéfico, que só mais tarde será compreendido. 

    A carta não se relaciona com o plano afetivo das uniões. 

    Recomenda o trabalho paciente e profundo e a necessidade de ver as coisas com calma, buscando reconhecer um caminho antes de seguir adiante com os planos.


    RESUMO: 

    Significado abstrato: vida interior. 

    Significado prático: segredo que será revelado. 

    Em posição invertida: grande atraso. 

    Moral: Sabedoria, meditação, moralidade, respeitabilidade.

    Físico: Longa vida, mas com doenças crônicas.


    Com as Cartas: 

    • II (Grã Sacerdotisa): Antes da Papisa, ambas em posição normal: segredo jamais revelado. Após a Papisa, em posição normal: segredo que será descoberto, embora se deseje mantê-lo oculto. Após a Papisa, ambas invertidas: atraso. 
    • V (O Sumo Sacerdote): Resistência física. 
    • X (A Roda da Fortuna): Inclinação para depressão. Inconveniência por causa de uma pessoa idosa. 
    • XV (O Diabo): Frustração sentimental. Possibilidade de uma cirurgia. Após O Diabo, ambas em posição normal: preservação de tudo o que as palavras e o poder tentaram destruir. Seguido do Diabo, ambas em posição normal: as forças do Diabo não serão mais poderosas que a luz do Ermitão. O Diabo invertida, à direita ou esquerda do Ermitão em posição normal: após certa demora, a luz será irradiada e o poder do Diabo destruído. 
    • XX (O Julgamento): Dificuldades superadas. 
    • XXI (O Mundo): Seja firme. Uma pessoa ausente retorna. 
    • O Louco: Saúde precisa de atenção. Cuidados médicos necessários.




    Lucia


    Extraído de:
    Tarô de Marselha – Revista Almanaque Planeta Tarô, 6ª Edição, Jul/1989.

    Fonte primordial:
    hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Selos