terça-feira, 31 de maio de 2016

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Tarô dos Orixás – Justiça / Obá

Justiça / Obá


Rainha guerreira e justiceira, é uma das esposas de Xangô, a mais sofrida, por ser rejeitada por ele. 
Seu domínio na natureza são as corredeiras, as águas revoltas; na personalidade, representa as emoções reprimidas e insatisfeitas, o sofrimento que dá a sensibilidade para sintonizar com as vítimas de injustiças.

Obá, a Justiça, diz que se a situação está difícil de organizar, é hora de refletir, avaliar o que foi feito até agora, cortar o que não serve e arrumar o que se mostra necessário.

É impossível voltar à irresponsabilidade de jogar as decisões sobre ombros alheios ou de superestimar a própria autoridade.

A balança ao mesmo tempo discrimina e une as forças para criar o equilíbrio dinâmico; a espada não ser à vingança, mas ao sacrifício do que deve ser abandonado.

Um espírito claro pode prever o conflito de modo a encontrar formas de equilibrá-lo compensando perdas com ganhos bem aproveitados.




Lucia


Extraído de:
Tarô dos Orixás –  Eneida Duarte Gaspar, Editora Pallas.

Fonte primordial:
hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

terça-feira, 24 de maio de 2016

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Leitura pela Mandala Astrológica com a Estrela

A Mandala Astrológica também conhecida como Roda Zodiacal ou Astrológica, Tiragem Astrológica, Grande Jogo ... é um método fascinante.

Neste artigo mostra a interpretação de cada Arcano Maior em cada uma das doze Casas da Mandala Astrológica, de forma simplificada.

Sendo que, em uma leitura completa deste método, cada Casa aborda vários assuntos da vida do consulente e é possível obter mais informações usando também as casas derivadas, seus eixos, os quadrados, os triângulos e outros enfoques.


Pode-se fazer a leitura com um Arcano Maior por casa ou 1 Arcano Maior acompanhado de 1 ou 2 Arcanos Menores por casa que podem também ser interpretados segundo os decanatos.

A seguir 3 das várias maneiras (sugestões) de interpretação deste método, onde o tema das casas tem um significado peculiar para cada autor.


 A Estrela em cada Casa da Mandala Astrológica



Sugestão de interpretação 1:

Casa I - Representa o consulente, o seu físico, as possibilidades energéticas, o seu poder de vida e o que lhe foi legado pelos ascendentes. 
Estrela na Casa 1 -  Próximo a concretizar os desejos; a sorte e uma ajuda oculta virão em seu apoio. Presságio de afeição que se aproximará suavemente. Simpatia e popularidade.

Casa II - Os bens, a banca, o crédito concedido, os movimentos de fundos, o dinheiro. A vida financeira do consulente, o que pode esperar de novo nesse domínio.
Estrela na Casa 2 -  Sorte financeira, possível ajuda de amigos. Os lucros aumentarão.

Casa III - A inteligência e o ambiente do consulente. O que vai acontecer no seu próprio círculo; as pequenas viagens, a vida cotidiana. Os escritos, os livros, as cartas, o carteiro, as mensagens. Os irmãos.
Estrela na Casa 3 -  Brilho no círculo habitual, onde pode surgir uma simpatia secreta, até mesmo uma afeição.

Casa IV - O lar do consulente, a sua família. Seu pai (se é um homem que consulta). Sua mãe (se é uma mulher que interroga o destino). O patrimônio, todas as questões imobiliárias em curso ou novas. O dinheiro tirado dos escritos.
Estrela na Casa 4 - A vida familiar concederá uma ajuda. Realizações. Sorte para uma afeição.

Casa V - Os amores do consulente, eventualmente, os filhos, as suas criações, o ensino, o que ama, o teatro, o cinema, as férias.
Estrela na Casa 5 -  Realização das promessas de amor. Favorece todos os artistas.

Casa VI - O trabalho, a saúde, a servidão, as pequenas doenças, tudo o que se reveste de um sentido de obrigação, mas também de dedicação. Os servidores, auxiliares, o pessoal doméstico.
Estrela na Casa 6 -  Novas possibilidades na vida profissional. Melhoras na saúde, cura em caso de doença.

Casa VII - O cônjuge, a vida conjugal, as relações matrimoniais, eventualmente, o divórcio, as associações, os contratos. 
Estrela na Casa 7 -  Possibilidades de encontrar uma afeição. Aproximação. Popularidade. 

Casa VIII - A morte (num sentido de transformação e de metamorfose); é também o crescimento, os capitais, a magia, a iniciação e a sexualidade. O dote.
Estrela na Casa 8 -  Favorável no plano financeiro e afetivo. Permite a esperança. 

Casa IX - A filosofia, a evolução espiritual, os sonhos, a religião, o estrangeiro, as grandes viagens, o ensino (particularmente com a Casa V, mas aqui num sentido mais esotérico), as altas faculdades do espírito, as ciências ocultas. A justiça, os processos, seu resultado.
Estrela na Casa 9 - Afeição no estrangeiro. Esperança de novo casamento, se tal for o desejo. Ganho de causa em processo. Excelente para concursos, exames, bolsas, estudos, etc.

Casa X - Os pontos mais altos da carreira, a maturidade, o destino, as honras, os fatos determinantes, os atos.
Estrela na Casa 10 -  Sorte. Felizes contatos com outros. Sinal de afeição, desde que as Casas V, VII e XII não sejam ocupadas por cartas maléficas. 

Casa XI - Os amigos, a publicidade, a política, os desejos ou aspirações, os projetos, a vida social, as relações.
Estrela na Casa 11 -  Clima feliz no círculo de amigos. Esperanças que se concretizam em um futuro próximo. Popularidade e estima. Ajuda amigável. 

Casa XII - O inconsciente, o que está oculto, os amores secretos. As doenças graves, os hospitais, as casas de repouso, as prisões, o crime.
Estrela na Casa 12 -  Alivia as provações. Assinala o regresso na saúde, o afastamento de dificuldades. Influência feliz e proteção.

Sugestão de interpretação 2:


Casa 1 (Áries) - Refere-se ao caráter do consulente, a seu temperamento, à sua personalidade e à sua aparência física.
Estrela na Casa 1 - Alguém sonhador, despojado, intuitivo, esperançoso, com amor pela humanidade, pela beleza, com sentimentos puros, fé, inspiração. Otimismo, boas expectativas.

Casa 2 (Touro) - Refere-se a fontes de renda, do dinheiro, dos bens e das finanças, bem como de bens adquiridos, do comércio e da morte do cônjuge (se houver).
Estrela na Casa 2 - Rendimentos proveitosos.Lucros protegidos. Preocupações afastadas. Equilíbrio financeiro.

Casa 3 (Gêmeos) - Refere-se a parentes (irmãos, primos, etc.), a viagens curtas, a livros e cartas, a mudanças de residência, à vizinhança e aos meios de comunicação.
Estrela na Casa 3 - Boas relações. Viagens curtas. Harmonia. Notícias.

Casa 4  (Câncer) - Refere-se ao lar, aos pais e ao patrimônio da família (sobretudo aos imóveis).
Estrela na Casa 4 - Sorte. Bom relacionamento em casa. 

Casa 5 (Leão) - Refere-se a afeição instintiva, de namoros, da vida social, do lazer, dos pequenos amores, de negócios arriscados, de relações internacionais, escolas e especulações.
Estrela na Casa 5 - Sentimentos profundos. Felicidade conjugal. Realização familiar.

Casa 6 (Virgem) - Refere-se ao trabalho, as obrigações, a saúde, o bem estar-físico, aos animais domésticos.
Estrela na Casa 6 - Sucesso profissional. Boa saúde. Atenção à rinite e à sinusite.

Casa 7 (Libra) - Refere-se aos relacionamentos íntimos, ao cônjuge (se houver) e às associações comerciais, aos inimigos declarados e a processos.
Estrela na Casa 7 -  Realização de todos os desejos afetivos. Sinceridade. Felicidade conjugal.

Casa 8 (Escorpião) - Refere-se a sexualidade, a morte, as mudanças, os grandes negócios, as heranças, os testamentos e os legados.
Estrela na Casa 8 - Sexo morno. Lucros concretos. Mudanças favorecidas.

Casa 9 (Sagitário) - Refere-se a viagens longas, o estrangeiro, línguas, justiça, processos, estudo superior, evolução espiritual, filosofia, espiritualidade e/ou religião.
Estrela na Casa 9 - Muita fé em si mesmo. Processos e estudos favoráveis.

Casa 10 (Capricórnio) - Refere-se ao destino, às honrarias, às aspirações e ao prestígio social, bem como à mãe ou à sogra do consulente.
Estrela na Casa 10 - Sucesso profissional, público, social. Tudo tende a melhorar. Realização de um desejo.

Casa 11 (Aquário) - Refere-se à vida social, dos amigos, da política, da diplomacia, dos benfeitores, de projetos, de esperança e de paz.
Estrela na Casa 11 - Novas amizades. Encontros harmoniosos. Tranquilidade.

Casa 12 (Peixes) - Refere-se a isolamentos, obstáculos, doenças graves, prisão, provações, amores secretos. Ao inconsciente, inimigos ocultos, às aflições, a processos criminais, à miséria. Conhecida como "inferno do zodíaco". 
Estrela na Casa 12 - Esperança de viver e proteção em todos os setores.

Carta 13 (colocada no centro da Mandala) 
Síntese - Conclusão da leitura. 
Estrela na Casa Central - Fé, a esperança com êxito, a perseverança, a confiança no êxito.

Sugestão de interpretação 3:

Casa 1 - Consulente/Momento Presente
Estrela na Casa 1 - Está saindo de uma situação emocionalmente fragilizada, consciente da realidade, deixando para traz o que não estava bem, saindo em busca de novos horizontes.

Casa 2 - Dinheiro
Estrela na Casa 2 - Melhora financeira com solução de problemas.

Casa 3 - Comunicação
Estrela na Casa 3 - Solução de problemas com o meio onde interage com a solução para suscetibilidades nas amizades.

Casa 4 – Lar/Família
Estrela na Casa 4 - Muito favorável. Reconciliações, conquistas, cumplicidade com harmonia.

Casa 5 – Talento/Criatividade
Estrela na Casa 5 - Idéias novas, inspiração, criatividade e imaginação.

Casa 6 – Trabalho
Estrela na Casa 6 - Alegria em situações que envolvem trabalho. Propostas ou projetos novos com a solução de problemas

Casa 7 – Casamento/Sociedades
Estrela na Casa 7 - Novas energias no afetivo. Superação de crise.

Casa 8 - Transformações
Estrela na Casa 8 - Nessa posição,  é a carta de solução de dificuldades em todos os segmentos.Traz concretizações, solução de problemas e consciência da realidade.

Casa 9 – Espiritualidade
Estrela na Casa 9 - Paranormalidade. Aumento de canais sensitivos.

Casa 10 - Carreira
Estrela na Casa 10 - Solução de problemas com novas oportunidades em carreira.       
              
Casa 11 – Projetos futuros/Sonhos/Aspirações.
Estrela na Casa 11 - Saindo de situação infrutífera com  abertura de caminhos e facilidade para por em prática ideias e ideais.

Casa 12 – Inconsciente
Estrela na Casa 12 - Novas energias, otimismo, fé em si mesma, esperança.
Conscientização. Visualizando a soluções para problemas.

Em sites de astrologia encontram-se as informações necessárias para se aprofundar neste método e fazer leituras completas.

Algumas abordagens pelas Casas Zodiacais:

  • Casa I – IDENTIDADE BÁSICA: Eu, personalidade, saúde geral, é o ascendente, indica as características externas de comportamento, temperamento, habilidades naturais. - Áries governa a cabeça, os hemisférios cerebrais, maxilar superior, os olhos, o rosto.
    • Casa II – VALORES PESSOAIS: Dinheiro, bens, segurança pessoal ligada às finanças, como você lida com o dinheiro, orientando as realizações econômicas, capacidade de ganhos, carinho do casal. - Touro governa a boca e a garganta, o pescoço, orelhas, paladar, laringe, glândula tireoide, maxilar inferior, veia jugular e faringe ...
    • Casa III – INTERAÇÃO E INTERCÂMBIOS: Comunicações, papo, flertes, amigos, cartas, telefonemas, pequenas viagens, irmãos, irmãs, primos, vizinhos, determina como você se relaciona com as pessoas mais chegadas, a forma que se conduz nos primeiros estudos e primeiros conhecimentos. - Gêmeos governa os membros, clavícula, omoplata, braços, mãos, dedos e pulmões, glândula timo, costelas superiores, traqueia, brônquios, sangue.
    • Casa IV – RAÍZES E VIDA PRIVADA: Lar, mãe, estrutura familiar, seu meio e suas coisas. Raízes raciais e culturais. Abrange as características emocionais mais profundas e diz respeito à atitude em relação à família, ao lar, à pátria e às raízes, conforto pessoal, propriedades, reputação. Câncer governa o estômago, funções digestivas, diafragma, mamas...
    • Casa V – EXALTAÇÃO E CRIATIVIDADE: Prazeres e diversões, talento, filhos e relacionamento com estes, jogos de azar, passeios, esportes, artes, namorados, casos amorosos, gravidez, memória, inteligência. Comportamento sexual. Leão governa coração, sistema circulatório, região dorsal da coluna...
    • Casa VI – ORGANIZAÇÃO E DIA A DIA: Rotina, trabalho, estudo, tios, empregados, animais, saúde, suas obrigações e dedicações.  Virgem governa os intestinos, região abdominal, tem forte influência no sistema nervoso, baço...
    • Casa VII – RELACIONAMENTOS E PARCERIAS: Tu, o outro, marido, noivo, namorado, parceiro, amante fixo, casamento, associações, sociedades, divórcios, inimigos declarados.  - Libra governa rins, bexiga, equilíbrio fisiológico, região lombar, coluna, pele, sistema vasomotor...
    • Casa VIII – RECICLAGEM E INVESTIMENTOS: Sexo, oculto, astral, magia, morte física, doenças, ganhos possíveis de heranças ou testamento, grandes transformação, magia, metamorfose. - Escorpião governa os órgãos genitais, aparelho excretor, uretra, cólon, ânus, bexiga, próstata, osso pubiano,ossos nasais...
    • Casa IX – FILOSOFIA E METAS DE VIDA: Espiritualidade, religião, o sentimento religioso, aspirações filosóficas, ideias, encontros importantes, assuntos legais, parentes não sanguíneos (cunhados e sogros), viagem longa – ao exterior, convicções religiosas, aprendizado através do auto-conhecimento. É a casa dos conhecimentos profundos, dos estudos filosóficos, éticos e metafísicos. - Sagitário governa as coxas, os músculos de uma maneira geral, o que rodeia os quadris, sacro e espinha, vértebra, fêmur, nervos ciático...
    • Casa X – STATUS E PROFISSÃO: Social, como se é visto socialmente, patrimônio, pai, carreiras, realização pessoal e profissional, seu lugar na sociedade, regimes, sucesso, fama. Determina a maneira como reagimos diante de uma autoridade ou qualquer pessoa que esteja em uma posição superior à nossa. O comportamento em relação ao pai, ao chefe, ao governante. - Capricórnio governa joelho, pele e ossos, juntas, articulações, cabelos...
    • Casa XI – AMIGOS E TRIBOS: Projetos futuros, amigos no geral, sonhos e desejos íntimos, esperanças, aspirações, metas e objetivos de vida, consciência política, atuação revolucionária. Associações, clubes, organizações de caridade e sindicatos. Aquário governa as pernas - dos joelhos para baixo – e os tornozelos...
    • Casa XII – SISTEMA DE FÉ: Área de sacrifício, hospitais, inimigos e situações ocultas, prisões reais e psíquicas, o inconsciente, os amores ocultos. As nossas avaliações mais profundas, é o lado adulto e nebuloso de nós mesmos, auto-anulação, tristezas, impedimentos à satisfação sexual. - Peixes governa os pés, dedos...


    Lucia






    Cartas e Destino - Hadés

    Transforme sua vida com o tarô – Ademir Barbosa Junior

    Taro Egípcio - Guia Prático na Mandala Astrológica.

    girafamania.com.br
    Imagem Google

    quinta-feira, 19 de maio de 2016

    sexta-feira, 13 de maio de 2016

    Tarô Místico – A Justiça

    A Justiça


    Este é o oitavo Arcano Maior, o que trás o equilíbrio, a isenção, a análise do passado. 
    É um Arcano passivo, que cumpre um papel, pois representa uma instituição. 
    Esta carta também simboliza a colheita, a qual é resultado do esforço aplicado — cada um colhe o que planta.

    A figura da Justiça, que sempre é feminina, tem uma balança numa das mãos. 
    Nesta balança, o equilíbrio é obtido entre a moeda que representa o material, e a taça, que simboliza o emocional. 
    A outra mão segura uma espada, que é um símbolo da punição que ela pode distribuir a quem merece.

    Uma névoa nubla os olhos da Justiça, o que mostra simbolicamente que ela não é absolutamente cega. Não podemos esquecer, no entanto, que a Justiça é uma vingança realizada através da Lei.

    Numa interpretação objetiva e prática, a Justiça significa harmonia, e equilíbrio, favorecimento em processos judiciais, envolvimento com polícia, mexer com leis e documentos. 

    Numa interpretação subjetiva, a Justiça é uma espera passiva para receber aquilo que é de seu direito, pelo qual se esforçou. 

    Na caminhada espiritual, este Arcano representa um momento de equilíbrio, no qual se recebe as recompensas materiais e emocionais pelo trajeto já percorrido.

    • As Sete Palavras-Chave: equilíbrio, colheita, processos judiciais, documentos, leis, ajustes, limites. 
    • No Amor: uma certa espera, a situação atual é resultado de atitudes passadas; equilíbrio. 
    • Na Saúde: o ponto mais frágil é o intestino, que tem suas funções lentas. 
    • No Dinheiro: momento de colher aquilo que plantou; os ganhos são na medida exata para cobrir os gastos; paga suas dívidas. 
    • Aspecto Negativo: cuidado para que a polícia e a lei não tenham motivo para fazer exigências; fiscalização nos negócios, processo judicial dá dores de cabeça.




    Lucia


    Extraído de:
    Tarô Místico – Celina Fioravanti, Editora Pensamento.

    Fonte primordial:
    hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com

    Imagem:
    comprazen.com.br

    quarta-feira, 11 de maio de 2016

    domingo, 8 de maio de 2016

    Tarô de Marselha — A Justiça (Equilíbrio)

    A Justiça (Equilíbrio)
    Arcano do Equilíbrio, da Imparcialidade.


    Descrição da simbologia — A oitava lâmina simboliza a imparcialidade que caracteriza a conduta humana, quando é guiada pelo equilíbrio entre forças opostas em movimento. 
    Essa ideia é personificada por uma mulher em atitude frontal — como a Imperatriz — e simétrica, representando o exato equilíbrio bilateral. 
    Seu trono é estável e maciço, como o do Imperador. 
    A fronte é cingida por uma coroa, a mão esquerda empunha uma espada com a ponta para cima e a esquerda segura uma balança. 
    Com a espada — símbolo da palavra e da decisão psíquica — contrapesa a balança — peso do bem e do mal. 
    É o antigo símbolo da Justiça, associado ao signo zodiacal de Libra. 
    Representa muito mais a função interior justiceira do que a justiça exterior ou a legalidade social. 
    Numa atividade equilibrada, a balança pesa os atos, enquanto a espada separa a matéria, discernindo. Seus olhos estão bem abertos, mostrando que ela penetra bem mais longe que as razões parciais dos que se acham sob sua guarda.

    Representação abstrata — A capacidade de julgar, comparar, pesar, medir e examinar os atos humanos. Está associado à ideia de “justiça imanente (1. Que existe sempre em um dado objeto e inseparável dele. 2. Filos. Que está contido em ou que provém de um ou mais seres, independentemente de ação exterior. [Opõe-se a transcendente].) ”, ou seja, à ideia de que toda culpa desencadeia automaticamente as forças de autodestruição, pondo em movimento para isso, todo um mecanismo psíquico ou psicossomático. 

    Sentido positivo: justiça, determinação pensada e sem excessos, potência conservadora das coisas, retidão, honestidade, integridade, disciplina, respeito, independência de espírito, clareza de juízo, justa valorização das coisas, reta conduta, firme propósito, graça-doçura-rigor ao mesmo tempo, resolução. 

    Sentido negativo: perdas, injustiça, parcialidade, prejuízos, decisões errôneas, incapacidade de iniciativa, argúcias, manobras, castigos, punições, rendição, submissão, ilusões, aplicação excessivamente rígida da lei.

    Interpretações divinatórias — É uma carta de austeridade, pois está associada à lei de causa e efeito, colocando-se fora de qualquer sentimento. O consulente deve esperar os efeitos que seus atos presentes e passados suscitarão no futuro. Execução e veredicto. Seu princípio de severidade não pode ser vergado. Expressão de rigor e justa retribuição em vista de um novo equilíbrio. 

    No plano físico, pode significar um contato com a justiça e processos legais. 

    No terreno afetivo, é dura, pois, dependendo das outras cartas, impõe o fim a uma ilusão e, às vezes, um divórcio. É uma carta de apelo à clareza de juízo, ao equilíbrio e à equidade (1. Disposição de reconhecer igualmente o direito de cada um. 2. Conjunto de princípios imutáveis de justiça que induzem o juiz a um critério de moderação e de igualdade, ainda que em detrimento do direito objetivo. 3. Sentimento de justiça avesso a um critério de julgamento ou tratamento rigoroso e estritamente legal. 4. Igualdade, retidão, equanimidade.) de juízo, em suma, ao bom senso. O consulente é chamado a prever o choque das forças contrárias para anulá-lo.


    RESUMO

    Significado abstrato: equilíbrio. 

    Significado prático: reabilitação, honestidade, realização da justiça. 

    Em posição invertida: prejuízo, perda, condenação injusta. 

    Moral: Força e esperteza para um eventual benefício. Ditadura. 

    Físico: Vidência. Brutalidade.


    Com as Cartas: 

    • II (A Grã Sacerdotisa): Antes da Papisa, ambas em posição normal: revelações secretas. Após a Papisa, ambas em posição normal: fatos ocultos que serão revelados. Após a Papisa, estando ambas invertidas: fracasso de projetos. 
    • III (A Imperatriz): Antes da Imperatriz, ambas em posição normal: acontecimentos inevitáveis. 
    • V (O Sumo Sacerdote): Supremacia ganha com dificuldade. 
    • X (A Roda da Fortuna): Possibilidade de mudança de profissão. Dificuldade. 
    • XV (O Diabo): Brigas seguidas de reconciliação. Para a mulher grávida é risco. 
    • XX (O Julgamento): Revelação por causa de uma morte. Mudança. 
    • XXI (O Mundo): Determinação. Longa vida. 
    • O Louco: Equilíbrio rompido por irreflexão.




    Lucia


    Extraído de:
    Tarô de Marselha – Revista Almanaque Planeta Tarô, 6ª Edição, Jul/1989.

    Fonte primordial:
    hospedado no 4shared.com por pehemaas-br.blogspot.com
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Selos